Fora de casa, Rio do Sul é derrotado pelo líder da Superliga

Fora de casa, Rio do Sul é derrotado pelo líder da Superliga

Foto: Vôlei Rio do Sul / Arquivo

Enfrentar o Rexona-Sesc (RJ) é sempre uma tarefa árdua. Mas vencer a equipe comandada pelo técnico Bernardinho longe de Santa Catarina é ainda mais difícil. Rio do Sul amargou mais uma derrota no campeonato nacional na noite desta quarta-feira (8) no ginásio da Tijuca, no Rio de Janeiro. O placar foi de 3 sets a 0 (25/10, 25/15 e 25/15). A central Régis foi eleita a melhor jogadora da partida.

Não foi fácil conseguir superar a estratégia das donas da casa. Líder da competição com apenas uma derrota em 16 jogos, superar o Rexona se tornou difícil pela forma como se comportou, além de Rio do Sul voltar a não conseguir ser efeito em suas jogadas de ataque. O técnico Pedro Castelli Filho explicou que o time não jogou bem, o que é fatal diante de um adversário tão qualificado.

“Elas aproveitaram o jogo em casa e foram agressivas. E nós não conseguimos obter nosso padrão tático. Era muito difícil vencer. Teríamos que nos superar muito. E isso contra uma equipe tão boa, com um técnico tão experiente como é o Bernardinho, seria muito difícil de acontecer”, comentou.

Sem muito descanso, Rio do Sul viaja nesta quinta-feira para Belo Horizonte onde amanhã enfrenta o Camponesa/Minas no Minas Tênis Clube às 20h. Em casa, Rio do Sul se reencontra com o torcedor apenas no dia 23, quando pega o Renata/Valinhos Country (SP) às 20h15, no Artenir Werner.

Clóvis Eduardo Cuco / Vôlei Rio do Sul

Outras Notícias

PUBLICIDADE