Liga Riosulense: Número de participantes poderá chegar a 24 clubes

Na reunião preliminar realizada na terça-feira (24) representantes de 19 equipes de fizeram presentes.

Liga Riosulense: Número de participantes poderá chegar a 24 clubes

Reunião preliminar realizada na terça-feira (Foto: Orlando Pereira)

O campeonato promovido pela Liga Riosulense de Futebol (LRF) deverá iniciar na segunda quinzena de junho. A predefinição da data foi decidida pelos 19 clubes que participaram da primeira reunião, na terça-feira (24). O número limite será de 24 participantes. Os times que disputaram a competição em 2016 têm a prioridade nas cinco vagas restantes. As novidades ficam por conta do Aza Branca, de Apiúna; Vasquinho, de Rio do Oeste; Lontras; além das voltas do União, de Taió; e do Botafogo e Tamoio, de Trombudo Central. A próxima reunião será no dia 7 de março, quando as equipes deverão entregar o cheque caução, que confirma a participação.

O presidente da LRF, Osmar Correa, antecipou que uma das modificações no regulamento é que o número de jogadores chamados “estrangeiros” passa de dois para três. Os demais precisam obrigatoriamente votar, residir ou trabalhar na cidade-sede do clube. “A fórmula foi um sucesso porque equilibrou o nível dos participantes”. Algumas equipes chegaram a propor ampliar o limite, mas a maioria não concordou. “Se isso ocorresse com certeza teríamos a Série B”.

A competição além do Aza Branca; Vasquinho; União; Botafogo e Tamoio contará com as participações do Presidente Nereu; Canto do Rio, de Agrolândia; Cruzeiro, de Presidente Getúlio; Ponte Preta e Poço Rico, de Otacílio Costa; Tamandaré, de Laurentino; Maringá, de Trombudo Central; Verde Vale, de Rio do Oeste; e Adap, União Riossulense; Boa Vista; Guarani; e do Rio do Sul, atual campeão. “Nada impede que algum clube venha a desistir até no dia 7 de março, data para a entrega do cheque caução”, complementou o dirigente.

Por Orlando Pereira

Outras Notícias

PUBLICIDADE