Presidente implanta mudanças na Câmara de Ituporanga

Com livro ponto e divulgação de gastos o objetivo é ser transparente.

Presidente implanta mudanças na Câmara de Ituporanga

Vereador Adriano Coelho (Foto: CV/Divulgação)

Desde que eleito presidente da Câmara de Vereadores de Ituporanga, Adriano Coelho (PP), tem realizado algumas mudanças com relação ao funcionamento da câmara no município. A maior prioridade é dar transparência, para os trabalhos do Poder Legislativo.

Entre as ações realizadas, está a implantação do livro ponto, onde a partir de agora todos os funcionários e assessores precisam cumprir expediente e também a divulgação no mural da câmara de todas as despesas feitas pela casa, com diárias, salários ou investimentos.

“Queremos que as pessoas saibam o que estamos  fazendo, e o que cada pessoa faz aqui na câmara. Eu mesmo, na função de presidente estou cumprindo expediente todos os dias e estou a disposição para atender solicitações e esclarecer qualquer dúvida da população. Minha principal prioridade é conduzir a casa da melhor forma possível e ser transparente para a população”, explicou.

Durante a manifestação, na sessão de segunda-feira, 08, Coelho esclareceu que a Câmara recebe mensalmente do executivo aproximadamente R$ 190 mil, e que a sociedade tem o direito de saber e cobrar onde está sendo investido esse recurso. “Cada vereador que fizer uma viagem e utilizar pra isso recursos da câmara, terá que apresentar relatório das ações realizadas e o que trouxe de positivo para o município. No mês de janeiro fechamos com um saldo positivo de R$ 140 mil”, esclareceu

Sobre o expediente das sessões, o presidente da casa destacou que há um regimento a ser seguido, e para manter a ordem é preciso que seja cumprido. O principal quesito, é com relação ao tempo para o uso da palavra, já que existe diferença entre as bancadas composta por apenas um vereador e as que possuem mais vereadores.

“A bancada com um vereador o tempo é de 5 minutos, com dois ou mais, já passa pra 15 minutos. É uma questão de regimento e o cumprimento disso é uma questão de ordem”, ressaltou.

Coelho reforçou ainda que a maior função do vereador é fiscalizar o Poder Executivo. Sendo assim todos os requerimentos que dão entrada na câmara, têm sido encaminhados ao Poder Executivo.

“Não importa se é vereador de situação ou oposição, nossa função é legislar. E é isso que queremos fazer”, finalizou.

Além disso, Adriano Coelho (PP), parabenizou todos os novos funcionários que foram contratos por meio do processo seletivo realizado no começo do ano, pela competência e determinação com que tem sido executadas cada uma das funções. 

Assessoria de Comunicação

Outras Notícias

PUBLICIDADE