Conab comercializou mais de 165 mil toneladas de milho em 2016

A venda possibilitou o abastecimento de 25,3 mil pequenos criadores e agroindústrias de pequeno porte aos estoques públicos de milho.

Conab comercializou mais de 165 mil toneladas de milho em 2016

Divulgação/Governo de Santa Catarina

Em 2016, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) comercializou mais de 165 mil toneladas de milho dos estoques públicos para cerca de 25,3 mil pequenos criadores. O acesso ocorreu por meio do Programa de Vendas em Balcão (PROVB).

Os criadores do Ceará foram os que mais adquiriram o grão do programa (27 mil t), seguidos do Piauí (19,5 mil t) e de Santa Catarina (18,6 mil t).

Foram 104,2 mil atendimentos em 77 unidades de venda, sobretudo no Nordeste, onde a atuação do programa foi intensa no período de secas. O abastecimento se deu, também, nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Vendas em Balcão

O objetivo do PROVB é viabilizar o acesso de criadores de pequeno porte aos estoques públicos, a fim de suprir a demanda por insumos necessários às atividades econômicas que desempenham.

Os preços são atualizados quinzenalmente, seguindo os valores praticados pelo mercado atacadista local.

Para adquirir milho pelo Programa de Vendas em Balcão, é necessário fazer um registro prévio no Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais (Sican), disponível no site da Conab.

A seguir, o produtor deve comparecer a uma unidade da Conab com cópias do RG e do CPF, além de comprovantes de identificação, de endereço, de qualificação de suas atividades e de escala de produção e consumo.

Criadores de bovinos devem apresentar também comprovante de vacinação do rebanho contra a febre aftosa. A Conab aceita documentos de outros órgãos de extensão rural ou das entidades de classe. O pagamento do produto é realizado à vista, via Guia de Recolhimento da União (GRU).

Portal Brasil

Outras Notícias

PUBLICIDADE