Brasil vai enfrentar casa cheia de argentinos nesta quinta-feira

Argentinos esgotaram ingressos para o clássico pelas Eliminatórias.

Brasil vai enfrentar casa cheia de argentinos nesta quinta-feira

Depois de treinar em SP, Seleção já está em Buenos Aires (Foto: André Mourão / Mowa Press)

Se os comandados de Dunga não terão de lidar com a genialidade do lesionado Lionel Messi, enfrentarão um décimo segundo jogador de peso no clássico desta noite contra a Argentina. Os ingressos para o clássico de logo mais, válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, estão esgotados.

A forte procura pelos bilhetes foi surpreendente, apesar do apelo do enfrentamento entre rivais históricos. Diante do Equador, na melancólica derrota pela primeira rodada das Eliminatórias, a Argentina teve o apoio de apenas 13 mil torcedores. Imaginava-se que o pessimismo em torno da seleção de Tata Martino — acentuado com as ausências de grandes estrelas — esfriasse a empolgação para a partida contra o Brasil.

Desde o início das vendas, porém, mostrou-se acertada a decisão da Associação de Futebol Argentina de manter o jogo no Monumental. Após o revés diante dos equatorianos, a entidade chegou a estudar a possibilidade de mudar o palco dos próximos jogos para um estádio mais acanhado, capaz de colocar mais pressão sobre os adversários.

O preço das entradas para o clássico variava de 150 pesos (cerca de R$ 58) a 1,8 mil pesos (pouco mais de R$ 700). Para a torcida visitante, o valor foi único, de 1,2 mil pesos (pouco mais de R$ 470).

*ZHEsportes

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE