Com aval da CBF, Copa Sul-Minas-Rio terá Avaí, Chapecoense e Figueirense

Competição foi reconhecida nesta sexta-feira e terá 12 times em vez de 10.

Com aval da CBF, Copa Sul-Minas-Rio terá Avaí, Chapecoense e Figueirense

Delfim encaminhou os detalhes da Sul-Minas-Rio (Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS)

O calendário do futebol em 2016 terá novidades para Avaí, Chapecoense e Figueirense. O trio disputará a Primeira Liga, como foi batizada a competição gerida pela Liga Sul-Minas-Rio. Nesta sexta-feira, a CBF reconheceu a disputa, que terá 12 times em vez de 10, como era especulado até então. A instituição, inclusive, deve se encarregar da arbitragem.

Antes de se licenciar por 30 dias da presidência da Federação Catarinense de Futebol (FCF), nesta sexta-feira, Delfim Pádua Peixoto Filho tratou de participar da definição da Liga. Segundo ele, Avaí e Figueirense já estavam garantidos pelo ranking no formato anterior, com 10 times. Como abriram mais duas vagas, Chapecoense e América-MG entraram por este critério.

O Criciúma está à frente, por exemplo, de Avaí e Chapecoense no ranking mais recente da CBF, divulgado em agosto. Porém, Delfim explica que na atualização do fim do ano o Tigre será ultrapassado, pois disputa a Série B, que dá pontuação inferior. O novo formato da competição, conforme ele, foi definido pelos clubes em reunião na quinta-feira, em Curitiba.

— Hoje (sexta) de manhã a Liga foi aceita pela CBF. Mandamos um emissário da reunião que tivemos quinta em Curitiba para saber se a CBF diria sim ou não. Tería a Sul-Minas-Rio de qualquer jeito, porque eu já havia dito isto para o Marco Polo Del Nero (presidente da CBF) anteontem. Chegou-se ao entendimento de que um consenso seria melhor do que uma briga — explica Delfim.

Conforme o presidente da FCF, que está perto de entrar em licença, os 12 times serão divididos em três grupos. A tabela e a divisão dos clubes, no entanto, ainda estão em discussão e devem ser confirmadas na semana que vem.

— A Liga vem para ser forte. Só vai ter arbitragem da CBF. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva, que não é da CBF, analisará tudo. Se a CBF não quisesse, eu havia até consultado a Federação Catarinense para oferecer arbitragem ao torneio — completa.

Além do trio catarinense, a Primeira Liga terá os gaúchos Grêmio e Inter, os paranaenses Atlético e Coritiba, os mineiros América, Atlético e Cruzeiro, e os cariocas Flamengo e Fluminense. Criciúma, Joinville e Paraná ficam fora da primeira edição por estarem abaixo dos demais no ranking da CBF.

A competição será disputada de fevereiro a março de 2016.

Diário Catarinense

Outras Notícias

PUBLICIDADE