Neymar tem prisão pedida pelo Ministério Público da Espanha

Neymar tem prisão pedida pelo Ministério Público da Espanha

Foto: NICOLAS ASFOURI NICOLAS ASFOURI / AFP

O Ministério Público da Espanha pediu prisão de dois anos para o atacante brasileiro Neymar, do Barcelona, por suspeita de corrupção. As informações são do jornal El País. O procurador José Perals também recomenda uma pena de cinco anos de detenção a Sandro Rosell, presidente do clube catalão na época da contratação do jogador junto ao Santos.

Pela acusação do MP espanhol, o Barcelona ainda teria uma multa de 8,4 milhões de euros.

O caso foi iniciado pelo Grupo DIS, que detinha parte dos direitos econômicos de Neymar. Para a empresa, ela deveria receber 40% do valor da negociação. No entanto, as investigações na Espanha indicam que parte dos valores teriam sido pagos pelo Barcelona por meio de "contratos simulados". Com isso, a DIS recebeu 17,1 milhões de euros, apenas o valor referente à negociação oficial.

O caso havia sido arquivado pela Justiça, mas houve a determinação da retomada das investigações em setembro.

*ZHESPORTES

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE