Rio 2016: Forças Armadas vão reforçar segurança durante partidas olímpicas em Brasília

Rio 2016: Forças Armadas vão reforçar segurança durante partidas olímpicas em Brasília

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Cerca de 4 mil militares das Forças Armadas e 4,5 mil servidores do Distrito Federal, entre eles policiais, atuarão durante as partidas de futebol dos Jogos Olímpicos que ocorrerão em Brasília. Eles farão parte da operação que começa no próximo domingo (24) e vai até o dia 15 de agosto.

Hoje (22), viaturas, aeronaves, equipamentos e grupamentos militares que serão empregados na segurança foram apresentados pelo governo do Distrito Federal e o Comando Militar do Planalto. Brasília receberá dez partidas de futebol das Olimpíadas entre os dias 4 e 13 de agosto. Serão sete jogos do torneio masculino e três do feminino.

Das Forças Armadas, parte dos militares do Exército, Marinha e Aeronáutica ficará de prontidão e atuará caso seja necessário. “Os 4 mil militares atuam na proteção das estruturas estratégicas, na defesa aeroespacial, na defesa lacustre a atuando em conjunto com a segurança pública, caso seja necessário”, explicou o general César Lemes Justo, Comandante Militar do Planalto.

Dentre os 4,5 mil servidores do governo do Distrito Federal estarão membros da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, da Polícia Civil, do Detran, da Defesa Civil, do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF) e outros. Além do policiamento para garantir a segurança dos atletas e do público, eles vão trabalhar na organização do trânsito e escolta de delegações.

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, participou da cerimônia e disse que Brasília está preparada para receber as partidas de futebol da Olimpíada. “Temos uma integração muito importante entre todos os órgãos do governo de Brasília, de segurança, com as Forças Armadas, para garantir aos atletas, turistas e brasileiros de todo o país que eles terão toda segurança garantida”, disse.

Os primeiros jogos na cidade ocorrerão dia 4 de agosto, com a estreia da seleção brasileira masculina que entra no campo do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha contra a África do Sul. Antes do Brasil, entram em campo Iraque e Dinamarca.

Agência Brasil 

Outras Notícias

PUBLICIDADE