Rio 2016 será multado por irregularidades no trabalho da Vila Olímpica

Rio 2016 será multado por irregularidades no trabalho da Vila Olímpica

Foto: Roberto Castro / Ministério dos Esportes/ Brasil2016

O Comitê Rio 2016 será multado em R$ 315 mil por irregularidades trabalhistas nas obras da Vila Olímpica segundo o site G1. De acordo com Ministério Público do Trabalho e Emprego, os empregados estariam trabalhando com carga horário exaustiva e sem carteira assinada ou contratos temporários. 

Os fiscais do MPT fizeram uma visita surpresa na Vila Olímpica nesta quarta-feira para avaliar a situação dos trabalhados temporários no local. E fez uma constatação: a maioria deles está trabalhando de maneira irregular, sem carteira de trabalho assinada ou sem possuir uma folha de ponto.

Cerca de cinco agentes do Ministério estavam na Vila para conversar com os trabalhadores. Muitos evitaram o assunto com medo de represálias das empresas contratantes. Mesmo assim, foi constatado que por volta de 30% dos entrevistados estavam com a situação imprópria. Vale lembrar que cerca de 630 pessoas foram contratadas de forma emergencial nos últimos dias para resolver os problemas da Vila, como falta de limpeza, entupimento de canos e fiação elétrica exposta.

- Nossa preocupação é caso aconteça algo com esses trabalhadores, caso ocorra um acidente – afirmou Luiz Soares, um dos agentes da fiscalização.

Segundo o Ministério do Trabalho, as visitas para avaliar a situação dos trabalhadores têm sido constantes. Nos últimos dias, eles estiveram no Maracanã. Eles garantiram que o Rio 2016 sempre se mostrou prestativo, mas agora querem uma solução rápida dos problemas da Vila.

O Comitê se manifestou ao G1 e disse que "a atuação do Ministério Público sem a análise dos documentos descumpre um acordo firmado com a Rio 2016" e que a documentação será apresentada ainda nesta tarde.

*Lancepress

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE