Aumento no preço do diesel deve impactar custo do frete em até 2%

O reajuste de 6,1%, anunciado pela Petrobras na quinta-feira, pode representar uma alta de até R$ 0,12 por litro, em média, nos postos

O consumidor deve sentir já nas próximas semanas o peso no bolso do novo aumento no preço do óleo diesel nas refinarias. O reajuste de 6,1%, anunciado pela Petrobras na quinta-feira, pode representar uma alta de até R$ 0,12 por litro, em média, nos postos.

Além do impacto direto para os motoristas, o combustível mais caro deve ter reflexos também no valor do frete e dos alimentos.

Segundo dados da Confederação Nacional do Transporte (CNT), atualmente cerca de 60% das cargas são transportadas por caminhões no Brasil. O avanço estimado no custo do frete deve ser de pelo menos 2% com o novo aumento do combustível.

É o segundo reajuste feito no preço do diesel em menos de dois meses. Em dezembro, a petrolífera já havia reajustado o preço do diesel em 9,5% e a gasolina em 8,1%. A justificativa era a continuada elevação dos preços do petróleo nos mercados internacionais.

Outras Notícias

PUBLICIDADE