Cármen Lúcia é "exemplo de caráter", diz Renan após reunião

Cármen Lúcia é

Cármem Lúcia, Michel Temer e Renan Calheiros (Foto: Beto Barata / Agencia Brasil)

Em uma tentativa de normalizar suas relações com o Judiciário, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), adotou tom de reconciliação com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia. Depois da reunião que discutiu a segurança pública no país, o parlamentar distribuiu elogios à magistrada.

— Aproveitei a oportunidade (reunião) para dizer que eu tenho muito orgulho, que vou levar para a minha vida, de ser presidente do Congresso Nacional no exato momento em que a ministra Cármen Lúcia é presidente do STF. Ela é, sem dúvida nenhuma, o exemplo do caráter que nós precisamos que identifique o povo brasileiro — disse.

Realizado nesta sexta-feira no Palácio do Itamaraty, o encontro reuniu representantes dos três poderes e da sociedade civil. Além de Renan e Cármen Lúcia, participaram o presidente Michel Temer, o presidente da Câmara Rodrigo Maia, o procurador-geral da República Rodrigo Janot, o presidente da OAB Carlos Lamachia, o ministro da Justiça Alexandre de Moraes e outros ministros.

Em sua breve fala à imprensa, Renan não citou Moraes. Depois da Operação Métis, que prendeu quatro policiais legislativos suspeitos de obstruírem as investigações da Lava-Jato, Renan chamou o ministro de "chefete" de polícia e o juiz Vallisney Oliveira, que autorizou a ação, de "juizeco". Na quinta-feira, o ministro Teori Zavascki suspendeu a operação.

A reunião desta sexta-feira foi a primeira que teve Renan, Cármen Lúcia e Moraes na mesma mesa depois da troca de farpas da semana. Irritada com as críticas do senador ao juiz que autorizou a Métis, Cármen Lúcia reagiu e afirmou que, quando se ofende um magistrado, o parlamentar também ofende a ela.

A fim de recuperar o diálogo na Suprema Corte, Renan decidiu fazer o elogio público à ministra. Antes da reunião, ele telefonou para ela e pediu desculpas pelas declarações.

Ao comentar a reunião, o presidente Michel Temer garantiu que os atritos ficaram de fora das discussões:

— Clima de harmonia absoluta e de responsabilidade

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE