Corpo de Domingos Montagner é encontrado; ator morre aos 54 anos

Corpo de Domingos Montagner é encontrado; ator morre aos 54 anos

Domingos Montagner morreu após se afogar no rio (Foto: TV Globo/Divulgação)

O Corpo de Bombeiros de Sergipe acaba de confirmar a morte de Domingos Montagner. O corpo do ator foi encontrado sem vida, preso às pedras, a 30 metros de profundidade, em Canindé de São Francisco, na divisa dos estados de Alagoas e Sergipe, após afogamento no Rio São Francisco. Depois de gravar as últimas cenas da novela "Velho Chico", o ator aproveitou a folga junto com a colega de elenco Camila Pitanga, seu par romântico, para dar um mergulho no rio. A correnteza levou o artista, que desapareceu nas águas por volta das 14h30. Segundo informações do coronel Fábio fonseca Rolemberg, Camila se desesperou, gritando pelo nome do amigo.

— Ele estava tomando banho de rio com a atriz Camila Pitanga quando a correnteza o levou — disse o militar. A equipe ficou em estado de choque e todas as gravações foram canceladas na hora.

O ator, de 54 anos, deixa a mulher, a atriz e produtora Luciana Lima, e três filhos: Leo, 11 anos, Antônio, 7, e Dante, 4.

Carreira iniciada no circo e no teatro

Antes de se tornar um dos atores mais disputados da TV Globo, Domingos Montagner teve o picadeiro como o seu principal palco. Foi no Circo Escola Picadeiro e no curso de interpretação Myriam Muniz, em São Paulo, que o intéprete do Santo da novela "Velho Chico" desenvolveu sua veia artística, nos anos 1980, se tornando ator, artista circense e palhaço. As técnicas da arte de popular, das apresentações de rua, foram as mais exploradas até chegar à TV, em 2008, no seriado "Mothern", do GNT.

Nascido em 26 de fevereiro de 1962, em São Paulo, Domingos, criador do grupo circense "La Mínima", estreou na TV Globo em 2010 nas séries "Força tarefa" e "A cura". No ano seguinte, emplacou outro trabalho na emissora, dessa vez fazendo par romântico com Lilia Cabral na série "Divã". Com a primeira novela, "Cordel encantado" (2011), a popularidade do artista ganhou proporção nacional. Pela sua atuação como o Capitão Herculano, ganhou o Prêmio Extra na categoria Ator Revelação. O sucesso na trama de Duca Rachid e Thelma Guedes fez com que ele fosse escalado para protagonizar a minissérie "Brado Retumbante", de Euclydes Marinho, em 2012.

Mais novelas cruzariam o caminho de Domingos. Em 2012, o ator atuou em "Salve Jorge", de Gloria Perez. No ano seguinte, o artista fez um dos principais personagens da novela "Joia rara", voltando a trabalhar com as autoras Duca Rachid e Thelma Guedes. Em 2015, protagonizou "Sete vidas", de Lícia Manzo. O ator morreu interpretando o protagonista de "Velho Chico", o agricultor Santo.

Estreia no cinema foi em 2012

Domingos fez a sua estreia na sétima arte em 2012. O primeiro filme do ator foi "Gonzaga - de pai pra filho", em uma participação especial. "De onde eu te vejo", de 2016, é outro longa-metragem na carreira do artista. Atualmente, está em cartaz nos cinemas com "Um namorado para minha mulher", em que contracena com Ingrid Guimarães.

*com informações EXTRA 

Outras Notícias

PUBLICIDADE