Criança de 1 ano mata cobra com mordida e escapa ilesa no RS

Uma criança de 1 ano e 5 meses de idade matou uma cobra com uma mordida e saiu ilesa, em Mostardas, na Região Sul do Rio Grande do Sul. O menino foi atendido na tarde deste domingo (1º) no Hospital São Luiz.

De acordo com o médico responsável pelo atendimento, Gilmar Carteri, os pais relataram que a criança estava brincando no pátio quando encontrou com o réptil.

“Os pais chegaram aqui apavorados, imaginaram que poderia ter sido o cachorro que tinha matado a cobra, mas viram que o menino estava com sangue na boca”.

Segundo o médico, a criança mordeu o filhote de cobra próximo da cabeça, o que impediu que o animal tentasse mordê-la. A suspeita de Carteri é de que fosse uma jararaca.

“Ele mordeu esse filhote de jararaca bem próximo da cabeça o que acabou imobilizando a cobra e evitou que ela o picasse”, disse. “A criança estava muito assustada, acho que foi instinto de defesa ou ele pensou que se tratava de um brinquedo”, completou.

O médico entrou em contato com o Centro de Informação Toxicológica do Rio Grande do Sul e duas horas depois recebeu as orientações sobre os exames que deveriam ser feitos para descartar a possibilidade de intoxicação.

“Ele não tinha sinal de picada na face, nem na língua, na boca ou nas mãos. Acompanhei bem de perto essa inspeção. Por sorte nada aconteceu e os exames confirmaram que ele não tinha sofrido nada”, comemorou o médico.

Os pais levaram a cobra para o hospital e após comparar o réptil com fotos, o médico tem quase certeza de que se trata de uma jararaca. “Ela tem a cabeça triangular e a ponta do rabo que se afunila rapidamente. Vimos algumas fotos e acho que se tratava mesmo de uma jararaca”, arriscou o médico.

Após o atendimento a criança foi liberada e está sob observação em casa.

G1RS

Outras Notícias

PUBLICIDADE