Desemprego fica em 12% e atinge maior taxa desde 2012 no país

Desemprego fica em 12% e atinge maior taxa desde 2012 no país

Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

O desemprego no país chegou a 12% no último trimestre de 2016 e atingiu a maior taxa desde 2012, quando se iniciou a série histórica. Divulgado pelo Instituto Brasil de Geografia e Estatística (IBGE) na manhã desta terça-feira, o indicador aparece na pesquisa Pnad Contínua.

No período, havia 12,3 milhões de pessoas desempregadas no Brasil. O número representa um crescimento de 36% em relação ao mesmo trimestre de 2015 e de 2,7% em comparação com o trimestre anterior. Em 2016, a taxa média de desocupação no país ficou em 11,5%.

Já a população ocupada somou 90,3 milhões de pessoas. O número representa um aumento de 0,5% em comparação com o quarto trimestre de 2015, e, em relação com o mesmo período de 2015, representa uma queda de 2,1%.

Do total, 34 milhões de pessoas empregadas no setor privado tinham carteira de trabalho assinada. O número recuou quase 4% na comparação com o mesmo trimestre em 2015.

Conforme a pesquisa, o rendimento médio dos trabalhadores ficou estável em R$ 2.043.

Por Zero Hora

Diário Catarinense

Outras Notícias

PUBLICIDADE