Dilma é convidada, mas ainda não decidiu se participa da abertura da Olimpíada

Dilma é convidada, mas ainda não decidiu se participa da abertura da Olimpíada

Foto: Roberto Stuckert Filho / Presidência da República

A presidente afastada Dilma Roussef, foi convidada oficialmente nesta segunda-feira pelo Comitê Olímpico Internacional para participar da abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em agosto. De acordo com a assessoria de imprensa de Dilma, ela ainda não decidiu se comparecerá ou não à cerimônia.

Agendada para a noite do dia 5 de agosto no Estádio do Maracanã, a solenidade de abertura, que conta com desfile das delegações e espetáculos, é um dos eventos mais aguardados dos jogos. Na sexta-feira, ao conceder entrevista ao jornal português Diário de Notícias, a presidente afirmou que avaliaria a possibilidade de ir. Ela informou que não irá caso "haja condições que a diminuam".

Visita

– Seria justo que fosse, uma vez que quem assegurou os recursos necessários, a segurança e a divulgação do evento fomos nós, o governo federal. Quando fui afastada, no dia 12 de maio, estava tudo sob controle na esfera federal. As questões que surgiram nos últimos tempos (estado de calamidade pública decretado pelo governador em exercício Francisco Dornelles) são da esfera do governo do estado e do município e devem ser respondidas pelas autoridades competentes – disse Dilma afastada ao periódico.

Há cerca de um mês, ao visitar o Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro, o presidente interino Michel Temer disse que não se opunha à presença de Dilma na abertura, mas que a decisão não cabia ao Palácio do Planalto.

* Agência Brasil

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE