Justiça Federal manda sustar nomeação de novo ministro da Justiça

A Justiça Federal no DF mandou sustar a nomeação de Wellington César Lima e Silva para o Ministério da Justiça. Ele tomou posse nesta sexta-feira no lugar de José Eduardo Cardozo, que foi para a Advocacia Geral da União (AGU). 

A decisão atende a ação popular de autoria do deputado Mendonça Filho (DEM-PE), que alegou que a Constituição não permite que um membro do Ministério Público assuma um cargo no Executivo. A decisão liminar é da juíza Solange Salgado, da 1ª Vara Federal.

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE