Manifestantes usam boneco de Lula com chifres vermelhos em Belo Horizonte

Grupos que organizaram protesto gastaram cerca de R$ 16 mil para fazer o boneco.

Manifestantes usam boneco de Lula com chifres vermelhos em Belo Horizonte

Foto: Lucas Prates / Jornal Hoje em Dia / Estadão Conteúdo

Um boneco de doze metros do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vestido de presidiário foi erguido, na manhã desta segunda-feira, em protesto contra o PT e o governo de Dilma Rousseff na Praça da Bandeira, em Belo Horizonte.

O boneco é diferente do que apareceu em manifestações em São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro. Na versão da capital mineira, Lula tem chifres vermelhos e carrega, em uma das mãos, uma miniatura em alusão à presidente Dilma com um osso na boca e, na outra, o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), com feições de um rato.

Os grupos que organizaram o protesto gastaram cerca de R$ 16 mil para fazer o boneco. No valor estão incluídas duas fantasias de Pimentel e Lula, com aproximadamente dois metros e meio, também preparadas para o protesto. Organizaram a manifestação os grupos Mulheres da Inconfidência, Brava Gente e Patriotas.

Cerca de 50 pessoas se reuniram na praça por volta das 11h desta segunda-feira. Segundo o fundador do Patriotas em Minas Gerais, Syllas Valadão, a intenção não é atrair grande número de pessoas, mas "apenas alertar para a situação do país".

— A população está sendo enganada há muitos anos. Precisamos abrir os olhos para o fato de que o Brasil está quebrado — disse.

Parte das pessoas que organizaram o protesto são as mesmas que fizeram manifestação contra o ex-presidente Lula durante o velório do ex-senador José Eduardo Dutra, no início da semana passada, em Belo Horizonte. O ex-presidente esteve no velório. Durante a cerimônia foram lançadas próximo ao local panfletos com a frase "petista bom é petista morto".

* Estadão Conteúdo

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE