Mundo: Japão leva 48 horas para tapar cratera de 15 metros de profundidade em avenida

Mundo: Japão leva 48 horas para tapar cratera de 15 metros de profundidade em avenida

Foto: Reprodução / The Guardian

Uma cratera aberta no meio de uma avenida na cidade japonesa de Fukuoka durante as obras de ampliação de uma linha do metrô foi consertada em apenas dois dias. Segundo reportagem do jornal britânico The Guardian, numa típica demostração da eficiência do país, trabalhadores fecharam o buraco, refizeram o asfalto e liberaram a movimentada rua para o trânsito na manhã desta terça-feira. Coisa impensável em outros locais, como o Brasil.

A cratera foi aberta no dia 8 de novembro, e o conserto do buraco levou dois dias. No entanto, a reabertura da avenida para o tráfego demorou uma semana para garantir que o terreno estivesse seguro e que não haveria nenhum risco aos motoristas e pedestres.

A abertura da cratera, com 15 metros de profundidade, provocou corte de energia e do fornecimento de água e gás, mas ninguém ficou ferido. Foram utilizados 6,2 mil metros cúbicos de cimento e areia na reconstrução.

O tempo recorde para o conserto relembra a reconstrução do país após o terremoto seguido de tsunami que devastou o Japão em 2011. Cidades inteiras foram reerguidas em poucos meses.

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE