PIB recua 0,8% no terceiro trimestre, aponta IBGE

PIB recua 0,8% no terceiro trimestre, aponta IBGE

Foto: Ronald Mendes / Agencia RBS

Registrando a sétima queda seguida, o Produto Interno Bruto (PIB) recuou 0,8% no terceiro trimestre deste ano na comparação com o trimestre anterior na série com ajuste sazonal. Em relação ao mesmo período do ano passado, de julho e setembro de 2015, a atividade econômica brasileira teve redução de 2,9%. O resultado foi divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira.

De acordo com o órgão, o PIB do terceiro trimestre do ano totalizou R$ 1,58 trilhão. No acumulado dos últimos quatro trimestres, a economia recuou 4,4% na comparação a soma anterior de 12 meses. Já no acumulado dos primeiros nove meses de 2016, o PIB caiu 4% em relação ao mesmo intervalo do ano passado. 

Em confronto aos números do trimestre anterior, todos os setores do PIB registraram queda entre julho e setembro deste ano. A agropecuária recuou 1,4% no período, enquanto a atividade industrial teve redução de 1,3% e os serviços apresentaram variação negativa de 0,6%,

Na comparação com o mesmo trimestre de 2015, o setor agropecuário enfrenta recessão de 6%. Com desempenho menos negativo, a indústria caiu 2,9% e os serviços recuaram 2,2%. 

Exportações e importações

As exportações contabilizadas no PIB diminuíram 2,8% no terceiro trimestre em relação ao segundo trimestre deste ano, segundo o IBGE. Na comparação com o terceiro trimestre de 2015, as exportações mostraram alta de 0,2%.

Já as importações recuaram 3,1% no terceiro trimestre em confronto com o trimestre anterior. Já na relação com o terceiro trimestre de 2015, as importações caíram 6,8%.

A contabilidade das exportações e importações no PIB é diferente da realizada para a elaboração da balança comercial. No PIB, entram bens e serviços, e as variações porcentuais divulgadas dizem respeito ao volume. Já na balança comercial, entram somente bens, e o registro é feito em valores, com grande influência dos preços.

Consumo

O consumo das famílias caiu 0,6% no terceiro trimestre em relação ao trimestre anterior. Na comparação com o terceiro trimestre de 2015, o consumo das famílias mostrou queda de 3,4%.

O consumo do governo, por sua vez, caiu 0,3% no terceiro trimestre em relação ao segundo trimestre deste ano. Já na comparação com o terceiro trimestre de 2015, o consumo do governo mostrou queda de 0,8%.

Por Estadão Conteúdo e Zero Hora

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE