Prefeita que ostenta luxo na internet foge após ser investigada pela PF

Lidiane Leite (PP), 25 anos, sumiu após denúncias de desvios de verbas da educação em Bom Jardim, cidade localizada a 277 quilômetros de São Luís

Prefeita que ostenta luxo na internet foge após ser investigada pela PF

Foto: Instagram / Reprodução

A prefeita do município de Bom Jardim, no interior do Maranhão, está foragida desde a última quinta-feira. Lidiane Leite (PP), 25 anos, é investigada pela Polícia Federal (PF) na Operação Éden — que apura denúncias de desvios de verbas da educação na cidade de quase 40 mil habitantes.

A investigação teve início a partir de denúncia do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Maranhão (MP-MA) e do Ministério Público Federal (MPF). Na Operação, já foram presos os ex-secretários de Agricultura, Antônio Gomes da Silva, conhecido como "Antônio Cesarino", e o de Assuntos Políticos, Humberto Dantas dos Santos, conhecido como Beto Rocha, ex-namorado da prefeita.

O município de Bom Jardim, localizado a 277 quilômetros de São Luís, capital do Maranhão, está sem ninguém no comando. Isso por que, antes de sumir, a prefeita pediu uma medida cautelar à Justiça que impede a realização de votações na Câmara de Vereadores para afastá-la do cargo.

Segundo o portal G1, Lidiane já foi obrigada a se retirar do posto três vezes. A primeira foi em abril de 2014, quando ela precisou ficar 30 dias afastada devido a improbidade administrativa. No entanto, ela retornou ao cargo 72 horas depois, com uma liminar da Justiça. A segunda vez foi em dezembro do ano passado, com a suspensão da liminar que ela havia conseguido oito meses antes. E a terceira em maio deste ano, quando retornou em 72 horas.

A polícia segue sem pistas do paradeiro da prefeita, de acordo com o portal. A PF ainda emitiu um alerta avisando que se alguém ajudar Lidiane a se esconder será considerado integrante de organização criminosa.

— Pelo tempo que ela está desaparecida, é muito provável que ela esteja recebendo o auxílio de outras pessoas. Isso pode causar a essas pessoas que elas sejam incluídas na organização criminosa que se investiga. A população tem ajudado com outras informações, nós estamos montando esse quebra-cabeça, e esperamos ainda esta semana, conseguir a prisão dessa foragida — disse o superintendente da PF no Maranhão, Alexandre Saraiva, ao G1.

Lidiane Leite (PP) se tornou prefeita em 2012, aos 22 anos. Ela se tornou candidata depois que o namorado dela à época, Beto Rocha, teve a candidatura impugnada ao ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa. Lidiane assumiu o lugar dele na disputa e foi eleita com 9.575 votos, o equivalente a 50,28%.

Já no cargo, ela passou a ostentar o luxo nas redes sociais, com frases como: "Eu compro o que eu quiser. Gasto sim com o que eu quero. Tô nem aí pra o que achem. Beijinho no ombro pros recalcados".

E ainda, em outro post: "Devia era comprar um carro mais luxuoso 'pq' graças a Deus o dinheiro 'ta' sobrando".

* Diário Gaúcho

Outras Notícias

PUBLICIDADE