Rodrigo Janot pede ao STF mais uma investigação contra Aécio Neves

Rodrigo Janot pede ao STF mais uma investigação contra Aécio Neves

Foto: Bruno Alencastro / Agencia RBS

O senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, é alvo de mais um pedido de investigação da Procuradoria-Geral da República (PGR). Nesta quarta-feira, o titular do órgão, Rodrigo Janot, solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de inquérito para apurar supostas irregularidades durante a CPI dos Correios, em 2005. As informações são da Rádio Gaúcha.

No mesmo pedido, estão incluídos os nomes do deputado federal Carlos Sampaio (PSDB-SP) e do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB). A investigação dependerá da decisão do ministro Teori Zavascki, relator dos processos da Operação Lava-Jato no STF.

A suspeita é de que o trio tenha se envolvido em um esquema de compra de votos em troca de apoio parlamentar na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, durante a gestão do ex-governador Eduardo Azeredo (1995-1999). É o chamado mensalão tucano.

Já em 2005, quando a CPI dos Correios investigou o mensalão do PT, Aécio era governador de Minas Gerais, e Paes e Sampaio eram integrantes da bancada do PSDB na Câmara dos Deputados.

O pedido de Janot é baseado na delação premiada do senador Delcídio Amaral (sem partido-MS). Ele indicou supostas irregularidades para maquiar dados do extinto Banco Rural. Na última segunda-feira, o procurador-geral da República já havia pedido autorização ao Supremo para investigar Aécio por conta de outra denúncia de envolvimento dele em irregularidades na usina de Furnas.

*Rádio Gaúcha

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE