TCE do Rio de Janeiro pede bloqueio de R$ 198 milhões por fraude na reforma do Maracanã, diz jornal

TCE do Rio de Janeiro pede bloqueio de R$ 198 milhões por fraude na reforma do Maracanã, diz jornal

Foto: Marcelo Santos / Divulgação Governo do Rio

O Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro decidirá na terça-feira se bloqueará R$ 198 milhões em contratos das empreiteiras Odebrecht e Andrade Gutierrez com o governo fluminense por causa de irregularidades encontradas na reforma do Estádio Maracanã, conforme o jornal O Globo. O local passou por obras para a Copa do Mundo de 2014. 

Pelo contrato original, o governo deveria ter pagado R$ 705 milhões pela reforma, mas a obra custou R$ 1,2 bilhão por causa de 16 aditivos. O TCE instaurou 21 processos para analisar o contrato entre 2010 e 2014, e os auditores pediram a devolução de R$ 93 milhões à época devido a irregularidades. No entanto, até hoje, o TCE não havia tomado decisões sobre o assunto.

O órgão unificou as relatorias dos processos, até então nas mãos de oito pessoas. A relatoria foi assumida pelo conselheiro José Gomes Graciosa, que deverá ler seu voto na sessão de terça-feira.

Ainda segundo a reportagem do O Globo, o pedido para o bloqueio de R$ 198 milhões das empreiteiras do consórcio se baseia em 11 irregularidades listadas nos relatórios de auditorias, entre elas o pagamento de itens duplicados, a realização de serviços desnecessários ou fictícios e o sobrepreço de materiais. 

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE