Voz do Brasil será flexibilizada durante jogos olímpicos e paralímpicos

Com a MP, cada emissora de rádio poderá escolher entre as 19h e 22h para veiculação do A Voz do Brasil, de acordo com sua programação.

Voz do Brasil será flexibilizada durante jogos olímpicos e paralímpicos

Foto: Divulgação / Reprodução Internet

O governo federal deve editar, nos próximos dias, uma medida provisória que flexibiliza o horário do programa A Voz do Brasil durante o período das Olimpíadas e Paralimpíadas.

Com a MP, cada emissora de rádio poderá escolher entre as 19h e 22h para veiculação do A Voz do Brasil, de acordo com sua programação, sem precisar interromper a transmissão dos jogos olímpicos e paralímpicos. 

A MP atende à reivindicação da ABERT e das associações estaduais que, no dia 5 de julho, encaminharam ofício pedindo que, a exemplo do que aconteceu na Copa do Mundo de 2014, as emissoras de rádio sejam autorizadas a retransmitir o programa em horário alternativo. 

A flexibilização do horário é aguardada pelos radiodifusores. De acordo com o coordenador de Esportes da Rádio Gaúcha, Rafael Cechin, a emissora fará a transmissão das principais modalidades esportivas e a possibilidade de apresentação do programa em horários alternativos trará um enorme benefício, principalmente, para os ouvintes.

“Com essa possibilidade, vamos evitar interrupções no meio dos jogos. Conseguiremos fazer as transmissões na íntegra pelo rádio e em todas as plataformas disponíveis. Atingiremos, certamente, todos os interessados nos jogos olímpicos e paralímpicos”, disse Cechin. 

A cerimônia de abertura dos jogos será no dia 5 de agosto, às 18h, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Fonte: Assessoria de Imprensa ABERT

Acaert 

Outras Notícias

PUBLICIDADE