Eike Batista é preso após desembarcar no Rio

Eike Batista é preso após desembarcar no Rio

Foto: JOSE LUCENA / FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O empresário Eike Batista foi preso pela Polícia Federal (PF), na manhã desta segunda-feira, após desembarcar no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro. Conforme a Globo News, dois veículos da PF cumpriram o mandado de prisão preventiva. Às 10h30min, o empresário chegou ao Instituto Médico Legal (IML), onde faz exames de corpo de delito. 

Após deixar o IML, Eike será encaminhado à sede da PF no Rio. Conforme informações divulgadas pelo canal de TV, ele deve ser encaminhado ao Presídio Ary Franco, na zona norte da capital carioca. O empresário não tem ensino superior.

Eike é alvo da Operação Eficiência e era considerado foragido, já que havia deixado o país na terça-feira da semana passada — dois dias da ação deflagrada pela PF. Na noite de domingo, ele embarcou no aeroporto John F. Kennedy, em Nova York, e retornou ao Brasil. À reportagem da TV Globo, o empresário disse que "está na hora de passar as coisas a limpo" e que "está à disposição da Justiça".

O empresário é suspeito de ter pago US$ 16,5 milhões em propinas por meio de um banco, no Panamá, ao ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB). 

Por Zero Hora

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE