"Estou preparadíssimo para as vaias", afirma Temer sobre abertura da Olimpíada

Foto: Beto Barata / Presidência da República/Divulgação

O presidente interino Michel Temer está preparado para ser vaiado na cerimônia de abertura da Olimpíada, na próxima sexta-feira, no Rio de Janeiro. Bem-humorado, durante entrevista exclusiva ao Grupo RBS no fim da manhã desta sexta-feira, o peemedebista relembrou o escritor Nelson Rodrigues para descrever o clima que espera encontrar no Maracanã:

– Estou preparadíssimo para as vaias. No Maracanã, como dizia o Nelson Rodrigues, se vaia até minuto de silêncio. Estou preparadíssimo, não tenho a menor dúvida disso. E tenho de cumprir esse dever institucional. Aliás, eu soube que os ex-presidentes nem vão. A brincadeira é que eles estão reservando as vaias só para o presidente. 

No exercício da presidência da República, Temer fará um pronunciamento protocolar e rápido na abertura da Olimpíada. Ele acredita que a imagem do país não será prejudicada pelo fato de, em meio aos Jogos, tramitar no Senado o processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. 

Temer reforçou a confiança na preparação das forças de segurança para conter ameaças de ataque terrorista durante o evento. Ele, ainda, disse que esse é um assunto que não lhe tira o sono:

— Antes dos jogos mundiais (Copa do Mundo), também havia a mesma preocupação, e foi um sucesso. Espero que na Olimpíada aconteça o mesmo. 

O presidente interino defendeu as ações recentes da Polícia Federal, que prenderam suspeitos de apoio ao terrorismo. Temer classificou como "preventiva" a operação que deteve 12 pessoas, entre elas, um criador de galinha de Morro Redondo, no sul do Estado:

— Pode ser até que esse criador de galinhas só cuide de galinhas, mas pelo WhatsApp, se comunicava com companheiros. A prisão é temporária, apenas para prevenir, não significa que ele vai ficar preso eternamente. Como a segurança é rigorosa com essas coisas, é melhor prevenir do que remediar.

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE