Após críticas, Temer escolhe mulher para comandar BNDES

Após críticas, Temer escolhe mulher para comandar BNDES

Foto: Rafael Andrade/Folhapress

Enfrentando críticas por não ter uma mulher ministra, o presidente interino Michel Temer escolheu para comandar o BNDES a economista Maria Silvia Bastos Marques.

O convite foi feito nesta segunda-feira (16) pelo presidente interino e ela aceitou.

Temer disse a interlocutores que ela confidenciou que já havia sido sondada, em outras oportunidades, para assumir o posto, mas agora decidiu aceitar por acreditar no projeto que está se iniciando sob o comando do peemedebista.

Maria Silvia já foi diretora do banco, ocupou a presidência da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) e também comandou a secretaria de Fazenda da Prefeitura do Rio de Janeiro. Ela será a primeira mulher a comandar o BNDES.

Desde que passou a receber críticas por escalar um ministério só de homens, o presidente interino orientou sua equipe a encontrar nomes de mulheres para trabalhar em seu governo. A primeira foi a economista Maria Silvia Bastos Marques, que vai comandar toda a área de financiamento de investimentos produtivos do governo.

Além do BNDES, o governo Temer já prepara mudanças para a Petrobras. O nome de Pedro Parente, ex-ministro de FHC, é o nome mais forte para presidir a estatal.

Nascida em Bom Jesus do Itabapoana, no Rio de Janeiro, Maria Silvia Bastos Marques, 59, é bacharel em administração pública pela Escola Brasileira de Administração Pública (Ebap) da Fundação Getúlio Vargas (FGV), mestre e doutora em economia pela mesma fundação.

Entre outras atividades, ela foi professora-assistente de economia na PUC-RJ, coordenadora na Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia, Fazenda e Planejamento, diretora superintendente do centro corporativo e diretora-presidente da CSN.

Maria Silvia também era presidente e fazia parte do Conselho da Empresa Olímpica Municipal (EOM), órgão criado pela prefeitura do Rio para realizar as obras dos Jogos Olímpicos na cidade.

Folha de S. Paulo 

Outras Notícias

PUBLICIDADE