Dilma desiste de pronunciamento em rede de rádio e TV na noite desta sexta-feira

Dilma desiste de pronunciamento em rede de rádio e TV na noite desta sexta-feira

Foto: Roberto Stuckert Filho / Agência Brasil

A presidente Dilma Rousseff desistiu do pronunciamento em rede de rádio e televisão que faria na noite desta sexta-feira. A assessoria do Palácio do Planalto avalia a possibilidade de que a fala ocorra no sábado ou apenas via redes sociais.

A sugestão de cancelar o pronunciamento teria partido da Advocacia-Geral da União (AGU). O advogado-geral, Eduardo Cardozo, teria assistido ao vídeo e avaliado que a fala poderia gerar problemas jurídicos, uma vez que o conteúdo da manifestação era político e seria veiculado em um espaços destinado a discursos institucionais.

A oposição já havia entrado com uma ação na Justiça pedindo que o pronunciamento de Dilma fosse barrado, alegando que a manifestação seria para uso pessoal da presidente. 

Entre aliados de Dilma, também havia o temor que o pronunciamento gerasse uma onda de panelaços e protestos pelo país, influenciando deputados a votarem a favor do processo de impeachment. No vídeo, Dilma reforçaria o discurso de que "impeachment sem crime de responsabilidade é golpe".

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE