Eleições 2016: simulador de urna eletrônica permite que eleitores treinem como votar

Eleições 2016: simulador de urna eletrônica permite que eleitores treinem como votar

Imagem do simulador disponibilizado pelo TSE para que o eleitor "treine" seu voto (Foto: TSE)

Eleitores que ainda não estão acostumados com a urna eletrônicapodem fazer um "treino" antes de seguir para votação. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) criou um simulador com candidatos fictícios, permitindo que o internauta conheça o funcionamento do sistema.

Primeiro, os eleitores devem indicar um candidato a vereador, cujo número tem cinco dígitos. Depois, deverão escolher um candidato a prefeito, com dígitos do número do partido. Na simulação, o TSE disponibilizou cinco candidatos de cada um das seguintes legendas: Partido dos Esportes (PEsp), Partido dos Ritmos Musicais (PMus), Partido das Profissões (PProf), Partido das Festas Populares (PFest) ou Partido do Folclore (PFolc). Esses cinco partidos fictícios também têm um candidato a prefeito e vice-prefeito.

Caso as informações do candidato escolhido apareçam corretamente na tela, o eleitor deve de apertar a tecla "confirma", de cor verde. Após o registro do voto para todos os cargos, a urna emitirá um sinal sonoro mais intenso e prolongado. Na tela, aparecerá a palavra "Fim". 

— O processo de eleição é muito simples, mas é importante que o eleitor tenha conhecimento prévio de como a urna funciona — ressalta Rodrigo Coimbra, chefe da sessão de voto informatizado do TSE.

Como corrigir o voto 

Se não aparecerem na tela todas as informações sobre o candidato escolhido, o eleitor deve apertar a tecla "corrige", de cor laranja, e repetir o voto.

Como votar em branco 

Para votar em branco, basta apertar a tecla "branco" e, em seguida, a tecla "confirma".

Cuidado!

Seu voto poderá ser nulo se você digitar um número de candidato ou de partido inexistente e, depois, apertar a tecla "confirma".

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE