Janot deve pedir investigação de pelo menos dois ministros de Temer

Janot deve pedir investigação de pelo menos dois ministros de Temer

Foto: José Cruz / Agência Brasil

Rodrigo Janot, procurador-geral da República, deve pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) abertura de inquérito para investigar ao menos dois ministros de Michel Temer. Conforme a Folha de S. Paulo, senadores do PMDB e do PSDB que tiveram os nome citados na delação premiada da Odebrecht também serão investigados.

O procurador deve pedir, também, que haja desmembramento para instâncias inferiores de casos envolvendo políticos que não têm foro privilegiado e que foram citados no depoimento.

Entre os nomes estão o dos ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva, dos ex-ministros Guido Mantega e Antonio Palocci, do marqueteiro João Santana além de governadores, ex-governadores e ex-parlamentares.

A Folha de S. Paulo apurou, ainda, que os nomes dos ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco, da equipe de Temer, também estão na lista da Procuradoria-Geral da República. 

Janot também quer investigar os seguintes nomes da bancada do PMDB no Congresso: Eunício Oliveira, presidente do Senado, Renan Calheiros, ex-presidente da casa, e os senadores Edison Lobão e Romero Jucá. José Serra e Aécio Neves, do PSDB, também estão entre os nomes da PGR.

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE