Jucá é exonerado do cargo de ministro do Planejamento

Exoneração "a pedido" foi publicada no 'Diário Oficial da União' desta terça-feira.

Jucá é exonerado do cargo de ministro do Planejamento

Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Embora o peemedebista Romero Jucá tenha anunciado, em meio ao escândalo de que teria sugerido conter a "sangria" da Lava Jato, que pediria licença do cargo de ministro do Planejamento, o Diário Oficial da União nesta terça-feira publica a exoneração do auxiliar de Michel Temer. A demissão foi registrada como "a pedido", expediente frequente para evitar maiores desgastes a políticos que têm de deixar o Executivo. Um dia depois do grampo que abateu Jucá, a Polícia Federal deflagrou mais uma fase de investigações contra o escândalo do petrolão, a 30ª etapa, batizada de Vício em alusão à frequência com que determinados agentes públicos se envolvem em atos ilícitos.

VEJA

Outras Notícias

PUBLICIDADE