Juiz suspende nomeação de Moreira Franco como ministro

Juiz suspende nomeação de Moreira Franco como ministro

Foto: Elza Fiúza / Agência Brasil

O juiz Eduardo Rocha Penteado, da Justiça Federal do Distrito Federal, suspendeu, na tarde desta quarta-feira, a nomeação de Moreira Franco para a Secretaria Geral da Presidência. A informação é do colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo.

Na decisão, de caráter liminar, Rocha destaca que Moreira Franco foi citado na delação premiada dos executivos da Odebrecht.

"É dos autos que Wellington Moreira Franco foi mencionado, com conteúdo comprometedor, na delação da Odebrecht no âmbito da Operação Lava-Jato. É dos autos, também, que a sua nomeação como Ministro de Estado ocorreu apenas três dias após a homologação das delações, o que implicará na mudança de foro. Sendo assim, indícios análogos aos que justificaram o afastamento determinado no Mandado de Segurança nº 34.070/DF se fazem presentes no caso concreto", escreve Rocha.

Ainda conforme O Globo, a decisão do juiz cita a jurisprudência existente com a decisão de Gilmar Mendes sobre Lula, na época que o ex-presidente foi impedido de se tornar ministro de Dilma Rousseff.

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE