Teremos harmonia muito maior, diz Temer após eleição de Maia

Teremos harmonia muito maior, diz Temer após eleição de Maia

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

O presidente interino Michel Temer (PMDB) comemorou o resultado da eleição na madrugada desta quinta-feira, que elegeu Rodrigo Maia (DEM) como novo presidente da Câmara e ressaltou que se há um Legislativo em oposição ao Executivo fica difícil governar. 

— Acompanhei com muito cuidado e interesse o que lá acontecia e verifiquei uma coisa curiosa. Estamos pregando a pacificação do país, a harmonia entre poderes de Estado e o que assistimos ontem lá era a pregação de uma harmonia interna, de uma distensão — afirmou, após cerimônia no Planalto, quando atendeu aos apelos da imprensa para comentar sobre a sucessão de Eduardo Cunha.

Temer destacou ainda o abraço entre Maia o candidato derrotado Rogério Rosso (PSD-DF) e disse que achou o gesto "interessante". 

— No último ato, quando se deu o segundo turno, os dois candidatos se abraçaram, revelando a distensão. Naquele momento senti que o Brasil está se distensionando — afirmou.

O presidente interino destacou a conduta cívica da Câmara e disse que ela é "indispensável para os bons trabalhos legislativos". 

— Teremos, penso eu, a partir daí uma harmonia muito maior, que será útil para o Executivo. Governo é executivo, legislativo e judiciário. Mas, particularmente no caso do executivo, você precisa ter apoio substancioso do Legislativo. Se você tem legislativo em oposição ao executivo fica difícil governar — reforçou.

Temer disse ainda que os candidatos que competiram na eleição de ontem eram quase todos da base e foi uma disputa "competente e elevada", que teve um resultado "que a Câmara dos Deputados desejou."

*Estadão Conteúdo

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE