Caminhão-tanque tomba e pega fogo no Paraná; três morreram

Situação ocorreu no fim da tarde deste domingo (3), na BR-277 em Morretes.

Caminhão-tanque tomba e pega fogo no Paraná; três morreram

Foto: Reprodução WhatsApp / Divulgação

As pistas da BR-277 em Morretes, no litoral do Paraná, que estavam interditadas por causa de um acidente com um caminhão-tanque na noite de domingo (3), foi liberada no início da madrugada desta segunda-feira (4) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A colisão envolveu outros 12 veículos e deixou três mortos e 15 feridos. Três deles em estado grave. Segundo a PRF, o número de feridos pode mudar porque ainda é realizado contato com os hospitais.

O acidente ocorreu em um trecho de Serra. O motorista perdeu controle da direção, e o caminhão bateu em uma mureta de concreto. O tanque, carregado com álcool anidro, se soltou e foi parar na pista contrária.

Ainda conforme informações da polícia, 44 mil litros do combustível vazaram, incendiando carros que trafegavam no sentido contrário ao do caminhão.

“Cena de guerra. Quem esteve no local, passou este relatório para a gente. As pessoas saindo pegando fogo, com as roupas em chamas. Uma cena de horror devido a uma falha mecânica: falta de freio em um caminhão”, disse o inspetor da PRF Wilson Martines.

Bebê encontrado

Um bebê, entre 40 e 45 dias de vida, foi encontrado em meio à mata, próximo ao veículo onde estavam três corpos carbonizados foram encontrados. Testemunhas contaram aos policiais rodoviários que a criança resgatada é filha do casal encontrado morto no carro e que os pais a teriam jogado do automóvel para salvá-la.

Entretando, a PRF não confirma esta versão. Os familiares destas vítimas, segundo a polícia, disseram que elas não tinham criança recém-nascida.

“O que intriga os policiais é que essa criança não tem nenhum tipo de ferimento, nenhum aranhão. Então, isso leva a crer que ela não foi lançada de algum veículo e também nenhuma pessoa procurou essa criança até o momento. Então, isso está intrigando a gente mais", afirmou o inspertor.

Martines complementou dizendo que a polícia não descarta nenhuma hipótese. “Até mesmo a hipóteses desta criança ter tido a 'sorte' deste acidente por ter sido abandonada naquele ponto”, afirmou o inspetor.

A criança foi levada para o hospital, passa bem e está sob responsabilidade do Conselho Tutelar. De acordo com o Hospital Evangélico, uma mulher que se diz tia da criança procurou o hospital.

G1 Paraná  

Autor Video: Banda B - Rádio e Portal

Outras Notícias

PUBLICIDADE