Casal é preso por suspeita de assassinar garota de 15 anos em Camboriú

Um casal foi preso por suspeita de assassinar uma garota de 15 anos em Camboriú. A jovem Mirian Vanessa da Silva morava no bairro Tabuleiro, estava grávida de três meses e era considerada desaparecida desde julho do ano passado. Segundo informações da Divisão de Investigações Criminais (DIC) de Balneário Camboriú, o suspeito de cometer o homicídio é um homem que seria o pai da criança esperada por Mirian. A esposa dele, uma mulher de 19 anos, seria a mandante do crime.

Segundo informações repassadas pelo delegado responsável pelo caso, Osnei de Oliveira, à reportagem da RBS TV, o suspeito teria se encontrado com a vítima e a levado para uma área rural de Camboriú, onde teria executado a garota e ocultado o cadáver. Segundo a Polícia Civil, tudo ocorreu no dia 5 de julho. O casal suspeito foi preso ainda em dezembro, mas a prisão só foi divulgada agora, com a conclusão do inquérito. O corpo da vítima ainda não foi encontrado.

A motivação do crime, ainda segundo o delegado, seria interromper a gravidez, fruto de uma relação extraconjugal entre o suspeito e a vítima. O crime teria começado a ser planejado de duas a três semanas antes, quando a esposa teria descoberto o relacionamento entre os dois e a gravidez e teria passado a cobrar uma providência para o caso.

Os suspeitos vão responder por assassinato, ocultação de cadáver e aborto. (Com informações de RBS TV).

Jornal de Santa Catarina 

Outras Notícias

PUBLICIDADE