Governo Federal libera R$ 156,7 milhões para a saúde de SC

O Ministério da Saúde anunciou a liberação de R$ 156,7 milhões para a saúde de Santa Catarina. O recurso referente a emendas parlamentares será destinado ao custeio de serviços e leitos que não tinham contrapartida do Sistema Único de Saúde (SUS). O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, que se reuniu durante a manhã desta sexta-feira com prefeitos e gestores de saúde em Florianópolis. 

O repasse que será distribuído em 55 diferentes serviços, distribuídos em 35 cidades de SC, vem em um momento de crise na pasta da saúde. Segundo a Secretaria de Estado, o valor da dívida chega a R$ 333 milhões. Além disso, o setor sofre com o contingenciamento de leitos, suspensão de atendimentos, greve de servidores e diversas reivindicações por parte das instituições.   

Dos R$ 156,7 milhões liberados, R$ 30,5 milhões serão destinados aos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), serviços de urgência e emergência, custeio de serviços hospitalares e ambulatoriais. Os R$ 126,2 milhões também liberados são referentes a emendas parlamentares. Além disso, também está sendo liberado custeio anual para duas UPAs dos municípios de Araranguá e Canoinhas, no valor de R$ 2 milhões. 

Já os outros R$ 51,9 milhões serão destinados para a construção, reforma e ampliação de 23 Academias da Saúde, um Centro de Atenção Psicossocial (CAPs), 126 Unidades Básicas de Saúde (Requalifica UBS), três Unidades de Acolhimento e oito Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). 

Diário Catarinense 

Outras Notícias

PUBLICIDADE