O que fazer em casos de queimaduras domésticas em crianças?

O que fazer em casos de queimaduras domésticas em crianças?

Imagem Ilustrativa (Reprodução Internet)

O ambiente da cozinha e lugares com churrasqueiras ou fogões à lenha são os locais mais comuns de ocorrerem acidentes com queimaduras. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as principais vítimas desses acidentes são crianças que se queimam dentro da própria casa.

Por isso, é preciso ter alguns cuidados. No caso do fogão da cozinha, é importante deixar os cabos das panelas virados sempre para o lado de dentro, pois crianças pequenas que já caminham podem alcançar esses cabos, puxá-los e derramar o conteúdo da panela sobre o próprio corpo, causando queimaduras graves.

Utensílios usados em churrascos como álcool e pegadores de ferro usados para virar as carnes também precisam ficar fora do alcance das crianças.

“Uma outra situação que provoca acidentes são com os fogões à lenha, principalmente no interior do estado, onde ele é bastante comum. O reflexo das crianças é colocar as mãos sobre as chapas aquecidas, e isso pode provocar queimaduras sérias”, alerta o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros, Hélton Zeferino.

No caso de um acidente que cause queimaduras nas crianças, algumas medidas emergenciais são importantes: retirar a criança de perto da fonte de calor que ocasiona a queimadura, abafar o fogo - caso as roupas da crianças estejam queimando -, rapidamente colocar o local da queimadura na água corrente por 15 minutos e, na sequência, proteger esse local com um pano seco e limpo ou uma atadura e procurar atendimento médico.

“Para abafar o fogo, pode ser usado cobertor, toalhas, cortinas ou outros panos mais grossos que devem ser colocados sobre a criança. Depois de colocar a criança sob água corrente, o local da queimadura deve ser protegido para evitar a contaminação enquanto busca atendimento médico”, explica Zeferino.

Secretaria de Estado da Comunicação

Outras Notícias

PUBLICIDADE