Cabeceira de ponte corre risco de ceder na BR 282 em Rancho Queimado

Cabeceira de ponte corre risco de ceder na BR 282 em Rancho Queimado

Fotos: PRF-SC/Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal em Santa Catarina (PRF) e o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) alertam que a cabeceira da ponte sobre o Rio Bonito, no Km 68,5 da BR 282 em Rancho Queimado, corre risco de ceder em caso de chover forte novamente na região. Parte do acostamento, entre a pista e a mureta, já caiu e abriu uma enorme cratera.

Na tarde deste domingo (1), quando percebeu a gravidade da situação, a PRF sinalizou o local e imediatamente comunicou o problema junto ao DNIT, órgão responsável pela manutenção das rodovias federais. Nesta segunda-feira, engenheiros estiveram no local e confirmaram a gravidade da situação. Em caso de fortes chuvas, a erosão pode aumentar e haverá necessidade de fechamento total da rodovia. 

Neste momento, o trânsito no km 68,5 da BR 282 está fluindo nos dois sentidos, mas com desvio lateral para aliviar o peso sobre o segmento onde o asfalto cedeu. A PRF e o DNIT reforçaram a sinalização noturna e estão monitorando constantemente o local.

Recomendação – A PRF recomenda que os motoristas redobrem a atenção, diminuam a velocidade e, se possível, evitem passar pelo trecho, principalmente veículos de carga. As rotas alternativas passam pela BR 470, no Vale do Itajaí, e pela BR 101, no litoral do estado. 

Se chover forte nas próximas horas, não está descartada a interrupção parcial ou total da rodovia. Neste caso, veículos longos não terão espaço para fazer o retorno nas proximidades da ponte, devido à pista estreita.

PRF/SC

Outras Notícias

PUBLICIDADE