Obras da BR-470 receberão apenas 39% do orçamento ideal em 2017

Obras da BR-470 receberão apenas 39% do orçamento ideal em 2017

Foto: Pamyle Brugnago / Agência RBS

O orçamento de 2017 para as obras de duplicação da BR-470 vai ficar bem aquém do desejado. Dos R$ 400 milhões que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes em Santa Catarina (DNIT-SC) entende que seriam necessários para continuar tocando os trabalhos neste ano, virão apenas R$ 156 milhões, o equivalente a 39% do total.

Deste valor, R$ 116 milhões serão repassados por meio da Lei Orçamentária Anual (LOA) da União. Os outros R$ 40 milhões são fruto de uma emenda – que inicialmente pedia R$ 170 milhões – apresentada pelo Fórum Parlamentar Catarinense, coordenado pelo senador Dalírio Beber (PSDB).

Com relação ao repasse esperado pela LOA, o valor é maior do que o inicialmente mapeado. A primeira proposta da União, lá em 2016, previa a liberação de ao menos R$ 90 milhões. Ainda assim, a quantia está bem longe do ideal e reflete as dificuldades financeiras do governo federal. Pior para o cidadão que trafega pela esburacada e mal sinalizada estrada e para as empresas que dependem da rodovia para escoar a produção.

De acordo com a assessoria de imprensa do DNIT-SC, os R$ 116 milhões serão direcionados para a continuação das obras dos lotes 1 e 2, desapropriações e reativação dos contratos dos lotes 3 e 4 em pontos mais urgentes. O órgão alega que o aporte para cada caso vai depender do andamento dos trabalhos.

Ruim para todos

Não que sirva de consolo, mas outras rodovias federais que cruzam Santa Catarina receberão verbas proporcionalmente menores do que a BR-470 neste ano. É o caso da BR-280, no Norte do Estado. Segundo o DNIT-SC, a rodovia também precisaria de R$ 400 milhões para a duplicação em 2017, mas receberá, via LOA, apenas R$ 75 milhões – 18,75% do necessário.

No total, o órgão reivindicava R$ 1,57 bilhão para estradas em Santa Catarina – incluindo obras de duplicação, manutenção e aumento de capacidade de rodovias. Devem chegar somente R$ 408,2 milhões.

Tentativa de sensibilizar

O senador Dalírio Beber (PSDB) tenta uma brecha na agenda do ministro dos Transportes, Maurício Quintella, que estará em Itajaí nesta quinta-feira. Quintella visitará instalações portuárias no litoral, mas a ideia do tucano é levá-lo num sobrevoo pela BR-470 para visualizar as obras de duplicação e destacar a importância da rodovia para o desenvolvimento econômico do Estado.

Por Pedro Machado / Jornal de Santa Catarina

Outras Notícias

PUBLICIDADE